domingo, 25 de novembro de 2012

Poesia Suicida. - Te chamarei de amor por mais um tempo,até eu entender que a saudade não vai passar mais que você já passou.


“Não caíram lágrimas, mas eu quis chorar. Não saiu uma só palavra, mas eu quis te dizer.
Eu quis te gritar pra não ir,quis pedir pra ficar e te dizer: ” ah amor, deixa tudo pra lá”.
Não, fiquei quieta. O silêncio ecoou em você e voltou pra mim. Deixando claro, nosso amor acabou.
E agora sou só eu. E é só você.
Só o ponto final num pote de reticências.
Adeus, enfim… Amor.”

Um comentário: